Contact
schliessen

Filtern

 

Bibliotheken

Logo der Bibliothek

Siegel TU Braunschweig Universitätsbibliothek Braunschweig
You do not seem to be within the network of Braunschweig University.
As student, researcher or staff member of Braunschweig University you can use the VPN service to gain access to electronic publications.
Alternatively, you can use your university username and password via Shibboleth to gain access to electronic publications with certain publishers. You can find more details in our Blog (in German).

Comparacao dos niveis de sedacao graduados pela escala Comfort-B e pelo indice biespectral de criancas em ventilacao mecanica na unidade de terapia intensiva pediatrica

Objetivo: Comparar os escores resultantes da escala Comfort-B com o índice biespectral, em crianças de uma unidade de terapia intensiva. Métodos: Onze crianças com idades entre 1 mês e 16 anos, submetidas a ventilação mecânica e sedação, foram classificadas pelo índice biespectral e pela escala Co... Full description

Main Author: Claudia da Costa Silva
Contributors: Marta Maria Osorio Alves | Author
Michel Georges dos Santos El Halal | Author
Sabrina dos Santos Pinheiro | Author
Paulo Roberto Antonacci Carvalho | Author
Contained in: Revista Brasileira de Terapia Intensiva (01.12.2013)
Journal Title: Revista Brasileira de Terapia Intensiva
Fulltext access: Fulltext access (direct link - free access) 10.5935/0103-507X.20130052
Availability is being checked...
Interlibrary loan: Check possibility for interlibrary loan
Links: Additional Link (dx.doi.org)
Additional Link (doaj.org)
Additional Link (www.scielo.br)
Fulltext access (doaj.org)
ISSN: 0103-507X
DOI: 10.5935/0103-507X.20130052
Language: English
Spanish
Portuguese
Physical Description: Online-Ressource
ID (e.g. DOI, URN): 10.5935/0103-507X.20130052
PPN (Catalogue-ID): DOAJ011767162
more publication details ...

Associated Publications/Volumes

  • Associated records are being queried...
more (+)
Internes Format
LEADER 02581nma a2200325 c 4500
001 DOAJ011767162
003 DE-601
005 20190329110047.0
007 cr uuu---uuuuu
008 171225s2013 000 0 eng d
024 7 |a 10.5935/0103-507X.20130052  |2 doi 
035 |a (DE-599)DOAJb711d81a359343ca98e147e0aab1d7d3 
040 |b ger  |c GBVCP 
041 0 |a eng  |a spa  |a por 
100 0 |a Claudia da Costa Silva  |e verfasserin  |4 aut 
245 1 0 |a Comparacao dos niveis de sedacao graduados pela escala Comfort-B e pelo indice biespectral de criancas em ventilacao mecanica na unidade de terapia intensiva pediatrica  |h Elektronische Ressource 
300 |a Online-Ressource 
520 |a Objetivo: Comparar os escores resultantes da escala Comfort-B com o índice biespectral, em crianças de uma unidade de terapia intensiva. Métodos: Onze crianças com idades entre 1 mês e 16 anos, submetidas a ventilação mecânica e sedação, foram classificadas pelo índice biespectral e pela escala Comfort-B, simultaneamente. Foi obtido registro de seus comportamentos por filmagem digital; posteriormente tal registro foi avaliado por três observadores independentes e foram aplicados testes de concordância (Bland-Altman e Kappa). Foi testada a correlação entre os dois métodos (correlação de Pearson). Resultados: Foram realizadas 35 observações em 11 pacientes. A concordância entre os avaliadores, segundo o coeficiente de Kappa, variou de 0,56 a 0,75 (p<0,001). Houve associação positiva e regular entre índice biespectral e Comfort-B, com r=0,424 (p=0,011) até r=0,498 (p=0,002). Conclusão: Devido à alta concordância entre os avaliadores independentes e a correlação regular entre os dois métodos, conclui-se que a escala Comfort-B é reprodutível e útil na classificação do nível de sedação de crianças em ventilação mecânica. 
700 0 |a Marta Maria Osorio Alves  |e verfasserin  |4 aut 
700 0 |a Michel Georges dos Santos El Halal  |e verfasserin  |4 aut 
700 0 |a Sabrina dos Santos Pinheiro  |e verfasserin  |4 aut 
700 0 |a Paulo Roberto Antonacci Carvalho  |e verfasserin  |4 aut 
773 0 8 |i In  |t Revista Brasileira de Terapia Intensiva  |g  (01.12.2013)  |w (DE-601)DOAJ000049034  |x 0103-507X 
856 4 0 |u http://dx.doi.org/10.5935/0103-507X.20130052 
856 4 0 |y DOAJ  |u https://doaj.org/article/b711d81a359343ca98e147e0aab1d7d3 
856 4 0 |u http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2013000400306&lng=en&tlng=en 
856 4 0 |u https://doaj.org/toc/1982-4335 
912 |a GBV_DOAJ 
951 |a AR 
952 |j 2013  |b 01  |c 12